quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Ainda não foi desta...

...que sei o que tenho no pé e o porquê de ter tantas dores!

Já fiz raio X e ecografia que disse que tinha inflamação dos tendões e ligamentos. Fui ao ortopedista e como ele não conseguia ver o porquê da inflamação, mandou-me fazer uma ressonância magnética.
E lá fui eu fazer a RM, quase uma hora metida na máquina, já estava com cãíbras na perna.. puufff

E o que acusou a RM?! Nada! 


Tenho a inflamação, sim.  Mas não tenho "qualquer problema ortopédico!", diz o ortopedista.

Conclusão: diz ele "Está, muito provavelmente, a desenvolver uma doença reumática. Aconselho-a a marcar consulta num reumatologista!". E ainda me receitou uma medicação de "cavalo" para tomar em SOS, quando tiver muitas dores e o pé muito inchado.


Bem, 'bora lá mais um médico, mais uma consulta, mais exames! Segunda lá vou eu para o reumatologista. A ver se é desta que sei o que tenho :/

By Lum
Continue reading Ainda não foi desta...

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Castelo de Penela

Hoje venho dar-vos a conhecer o Castelo de Penela!

Quando fui descansar para o hotel em Penela (ver post aqui), aproveitei para visitar o castelo. Como amante de história, não podia perder a oportunidade de o voltar a visitar.


Esta zona sempre teve uma ocupação militar, remontando aos tempos da ocupação romana em Portugal. Posteriormente foi conquistado pelos árabes e mais tarde retomada, já no séc. XI pelo Conde D. Sesnando, primeiro governador de Coimbra, por ordem do Rei D. Afonso Henriques.


D. Sesnando mandou então erguer este castelo medieval, em que a muralha varia entre os 7 e os 19 metros de altura, e pertencia à linha defensiva do Mondego na época da Reconquista cristã, seguindo-se ao castelo de Montemor-o-Velho. 
Dentro das muralhas, existiam casas, ruas e igrejas. Nas zonas mais desprotegidas do castelo, foram  construídas torres para permitir a defesa do castelo. Eram 12 torres no total até ao século XVIII, pelo que na actualidade apenas se mantém algumas com formas.


O castelo fica no topo da vila de Penela (vale a pena visitar a vila, é muito bonita), praticamente só tem a muralha, onde se pode andar em volta, sempre com jardins. No interior das muralhas, tem também a Igreja de São Miguel de Penela, que é muito bonita.

Este castelo foi palco de várias lutas com os mouros, pelo que até ao reinado de D. Fernando, foi alvo de várias ampliações e reconstruções. No entanto, posteriormente, foi perdendo importância defensiva, e a sua manutenção foi praticamente abandonada, levando a população a utilizar as pedras noutras construções, ficando o castelo cada vez mais danificado. 


Vale a pena visitar, tanto o castelo como a vila. A entrada no castelo é gratuita!

By Lum

Continue reading Castelo de Penela

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

domingo, 17 de setembro de 2017

Inês, de Maria João Fialho Gouveia

"Esta é a história apaixonante de Inês de Castro, a bela aia galega que arrebatou o coração do príncipe D. Pedro, futuro rei de Portugal. Bisneta ilegítima do rei D. Sancho IV de Castela, tinha chegado a Portugal no séquito da princesa Dona Constança, futura mulher do príncipe. Apesar dos laços do matrimónio, acabou por ser Inês e não Constança quem incendiou o coração de D. Pedro. Perdidamente apaixonado, o casal viveu então um amor proibido, até que, após a morte de Dona Constança, passou a partilhar o mesmo tecto. 

Dando largas à paixão que por tanto tempo haviam escondido, Pedro e Inês viveram dias idílicos, de paço em paço, até se instalarem em Coimbra, já casados e com três filhos. Certos de ali terem descoberto o seu jardim do Éden, amaram-se a cada dia sem medo do pecado, cedendo à paixão que lhes ardia no corpo e lhes completava a alma. 

Esta ligação desagradou ao rei D. Afonso IV, pai de D. Pedro, que odiava Inês de Castro. As intrigas políticas com que os conselheiros reais o sobressaltavam, alegando que os irmãos de Inês alimentavam pretensões à cora portuguesa, contribuíram para que o rei não descansasse enquanto não libertasse, da forma mais trágica e terrível, o filho do jugo da bela galega.

O amor de Pedro e Inês foi maior do que a vida, pulsando outrora, como hoje, no peito da própria alma lusitana, que o elevou a símbolo da paixão em Portugal."

Este livro conta a história de Inês de Castro. Uma mulher bela que veio no séquito de D. Constança. O livro que li antes deste contava a história de Constança, no entanto, existem várias diferenças relativamente a este livro. Começando pela forma como Inês passou a ser aia de Constança. Segundo este livro sobre Inês, ela começou a passar tempo com Constança em Albuquerque, sua cidade natal, quando a família de Constança lá ía passar o Verão, ficando de vez como aia antes desta se tornar noiva do infante D. Pedro. Ficou com Constança até ao nascimento de D. Luís, sendo posteriormente enviada para Albuquerque onde só saiu após a morte de D. Constança, por ordem de D. Pedro. No livro Constança, Inês nunca voltou a Albuquerque. No entanto, a ideia central era Constança e neste livro é Inês, portanto não me admira estas diferenças.
Inês sempre foi objecto de algum ódio por parte do Rei Afonso IV, pois foi criada pelo seu meio-irmão Afonso Sanches e sua mulher. Um ódio igualmente fomentado pelos conselheiros que levaram posteriormente à morte de Inês em frente aos seus 3 filhos.
É um livro que conta a sua história ao pormenor, desde de criança. 

É uma história de amor bonita. Quando à cerca de 16-17 anos fiz uma visita de estudo ao mosteiro de Alcobaça, onde se encontram sepultados Inês e D. Pedro, encontramos lá o grande historiador José Hermano Saraiva, que nos contou esta história e que nos disse "Qual Romeu e Julieta, qual quê? Esta história é bem mais bonita e sobretudo verdadeira, real...". E realmente concordo com ele, é uma verdadeira história de amor.

Aconselho o livro!
Continue reading Inês, de Maria João Fialho Gouveia

domingo, 3 de setembro de 2017

O descanso nas férias

Olá a todos!

Este ano as nossas férias foram passadas praticamente todas por casa. O Nightmare não sabia quando iria ter as férias, e portanto, optou-se por não arriscar a marcar nada.

No entanto, e porque também é necessário descansar, pesquisei um hotel que oferecesse tranquilidade, SPA e piscina, até porque também precisava de fazer algo diferente para ajudar a minha querida tendinite a ir-se embora do meu santo pé.

E foi aí que encontrei o Duecitânia Design Hotel HD! Podem ver o site do hotel aqui.
Este hotel fica em Penela, num sítio super tranquilo, rodeado de vegetação.


Tem imensos jardins, muita vegetação, e o edifício é inspirado no espírito cultural romano.



O hotel dispõe de duas piscinas exteriores, uma delas para crianças; dispõe de uma piscina interior e SPA.


Dispõe ainda de um bar e um restaurante, e este foi uma das coisas que mais me agradou e já explico porquê.

O hotel tem várias ofertas especiais, incluindo para uma família com crianças. Dispõe até de passeios com póneis para as crianças. São super fofinhos, e até fiz festinhas a um.
Optamos pela oferta Escapadinha Romântica, em que está incluído massagem a dois, jantar e pequeno-almoço no quarto.

Aquando da marcação online, indicamos que eu era intolerante à lactose e pedimos para que tivessem disponíveis alternativas. E foi aqui que fiquei muito agradada e contente com a forma como me trataram. No jantar, o chef preparou um menu apropriado para mim, sem qualquer tipo de produto com lactose (isto incluí entrada, prato de peixe, prato de carne e sobremesa). A comida é absolutamente óptima! No dia em que fizemos o check-in, perguntaram-me o que pretendia para o pequeno-almoço, dada a minha intolerância: puseram à minha disposição leite de soja, sumo de laranja, pão com doce de fruta. Questionei se tinham iogurtes de soja, ao que me responderam que não, mas que iriam comprar e assim foi, de manhã lá estavam os iogurtes de soja. Todo o cuidado que tiveram comigo, foi espectacular! Nunca tive um tratamento assim!

A massagem foi de 30 minutos e foi realmente relaxante. Com 41º C a piscina exterior soube que nem gingas. A piscina interior fez maravilhas ao meu pé. A tranquilidade relaxou-nos imenso e o quarto era muito bom!

Deixo-vos com mais umas imagens:


Em conclusão: Aconselho vivamente a quem quer relaxar, quer seja para passar uns dias em família, quer seja para um escapadinha romântica.

PS: Não sei o que se passa, mas as fotos ficam com uma péssima qualidade quando as publico. Quando as abro no meu computador, tem qualidade HD, mas aqui ficam desfocadas :( Vou tentando resolver o problema...

By Lum
Continue reading O descanso nas férias

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Constança, de Isabel Machado

"Uma história sobre esperança e traição. A outra verdade sobre o romance de Pedro e Inês. 1336. A Península Ibérica está a ferro e fogo. A bela Constança, rainha de Castela, é repudiada pelo marido, Afonso XI, e o desejo de vingança do pai da jovem soberana leva-o a celebrar uma aliança com o rei de Portugal: a filha casará com o herdeiro do trono português, o infante D. Pedro. Constança, inteligente, devota e sofredora, anseia há muito por um destino ao lado do príncipe. Não imagina, porém, que, na sua vida recheada de infortúnios, a maior tragédia está ainda por acontecer, nem que a traição irá partir daqueles que mais ama e em quem mais confia: Pedro, o seu impetuoso marido, e Inês, a sua aia, amiga e confidente. Baseado numa investigação rigorosa e retratando de forma sublime uma época de grandes convulsões políticas, Constança é um romance de leitura compulsiva que nos dá a conhecer a protagonista involuntária, e esquecida pela memória colectiva, do grande mito romântico da História de Portugal."

Um livro que conta a história de princesa Constança, mulher de D. Pedro. Normalmente, só ouvimos falar sobre a bela história de amor entre D. Pedro e D. Inês de Castro e ninguém fala da princesa traída. Este livro despertou-me grande interesse por essa mesma razão.
O livro descreve bem a personalidade de D. Constança Manuel, muito melancólica e fiel. Adorava D. Inês de Castro, sua aia, e sofreu muito com o romance desta com seu marido.
Foi repudiada pelo primeiro marido, Afonso XI, rei de Castela, esteve vários anos em isolamento e por fim, Portugal e Castela entram em guerra, por causa dela. Uma guerra que terminou com a vitória de Portugal e a vinda de Constança para o nosso país. 
O livro relata muito bem o sofrimento de Constança com o romance entre Pedro e Inês e todos os esforços para conseguir a o coração o seu marido, e dar o herdeiro ao trono de Portugal.

Um livro apaixonante, que relata o outro lado da história! Recomendo!

By Lum
Continue reading Constança, de Isabel Machado

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Campanha Youzz - Biotherm Skin Fitness

Como sabem, fui escolhida para a campanha Biotherm Skin Fitness da Youzz. Já devem ter vistos os vários posts que já fiz nas redes sociais do blog.
Já conhecem este produto?
Eis o que sabemos sobre ele:
Biotherm Skin Fitness ajuda a recuperar após a prática de exercício. Durante a atividade física o corpo perde água e minerais essenciais, fazendo com que necessite de hidratação e cuidados.   Biotherm Skin Fitness é um conceito de tratamento corporal, especialmente desenhado para mulheres com um ritmo de vida intenso e que praticam desporto. Entre os múltiplos benefícios, tem um efeito tonificante para complementar o teu exercício físico, ao mesmo tempo que desintoxica a pele.

O que notei de diferente na pele:
Mal aplico o creme, sinto que a pele fica hidratada, com aspecto saudável e não que aquele aspecto que parece ressequida. A nível da recuperação do cansaço muscular, também senti que ajuda bastante.
Na utilização continua, senti a pele com mais firmeza e as minhas estrias parecem estar mais atenuadas. Espero melhorar ainda mais com o decorrer do tempo.

Aspectos positivos:
O creme é absorvido rapidamente 
Não é pegajoso
Dá uma sensação de alivio e frescura
Boa textura
Algum tempo, após a aplicação, o aroma é bastante agradável.

Aspectos negativos:
Mal se aplica, o aroma é um pouco forte. No entanto atenua algum tempo depois, ficando um aroma muito agradável.

Recomendo!

By Lum
Continue reading Campanha Youzz - Biotherm Skin Fitness

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

, ,

Miminho Caudalie

Quem não gosta de receber um miminho quando compra um produto da sua eleição?

Hummm, acho que não conheço ninguém!

Eu adoro os produtos da Caudalie, é sem dúvida a minha marca de eleição. Já tinha falado, que a minha pele do rosto é estranha, se lhe dou muita hidratação, fica oleosa; se corto na hidratação, fica seca (até repuxa). Encontrei o meio termo nos produtos da Caudalie: combino o Sérum S.O.S. Hidratante com o Creme Sorvete Hidratante - faço depois um post com a minha opinião/review destes produtos, prometo!

Desta vez, lá fui comprar estes produtos, e qual não foi o meu espanto, quando na loja me deram isto:

E o que estava dentro das latinhas:

Portanto, pelo preço habitual dos produtos, trouxe as duas latinhas e dois vernizes, que por acaso são bem giros. Ainda não os experimentei nas minhas unhas, mas adorei ambas as cores! (quando os experimentar, também vos mostro!).


Digam lá se não foi um miminho bem bom? :)

By Lum
Continue reading Miminho Caudalie

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Novo Inquilino, de Doreen Tovey

"A família Tovey sabe o que é o caos, especialmente o de tipo siamês. Mas quando o seu adorado gato Solomon morre inesperadamente, Charles e Doreen vêem-se confrontados com um dilema: deverão ou não arranjar outro gato? 
Mas os animais triunfam sempre na casa dos Tovey, e esta não vai ser excepção. Será, pois, a pensar no melhor para a gatinha Sheba, que o casal se lança à procura de um digno sucessor de Solomon. E é assim que o alvoroçado Seeley dá entrada nesta alegre e caótica casa.
…E Seeley vai deixar bem claro que está à altura de Solomon mal cai num lago repleto de peixes..."


Sem dúvida, um livro que nos enche a alma com as peripécias contadas. Um livro pequeno, que li num ápice. 
A autora tem uma escrita de leitura fácil, que nos prende. 
A família Tovey vê-se abalada com a morte do seu gato Solomon e decidem encontrar um sucessor para fazer companhia à gatinha Sheba. E é nesta procura que encontram o Seeley, um gatinho pequeno e muito traquina. E em torno das traquinices do Seeley que o livro se constrói. Confesso que muitas das peripécias e traquinices, lembrava-me do meu gatinho que faz exactamente o mesmo :P

Um livro que vale a pena ler, sendo ou não amantes de gatos, pois é uma leitura extremamente agradável e relaxante! Recomendo!

By Lum
Continue reading Novo Inquilino, de Doreen Tovey

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Situações de caca!

Como se não bastasse andar com dores no pé à 2 meses (literalmente quase coxa) e de ter que andar em fisioterapia feita maluca, com ligeiras melhorias e não saber o porquê de estar assim, eis que....

Após uma sessão proveitosa de fisioterapia, que me aliviou bastante as dores, saio da clínica e dou com meu carro batido... ya, batido!!!
O carro estava bem estacionado, direitinho, fora da estrada. O certo é que o carro estava batido e não havia sinal de ninguém...

Fui perguntando às pessoas que por lá passavam se tinham visto alguma coisa, a resposta era sempre negativa. Fui ao café em frente perguntar numa ultima tentativa de tentar perceber o que se tinha passado e quem tinha sido. E o que fico a saber? Que foi um gaijo numa mota, que espetou-se contra o meu carro, de seguida mandou-se contra a parede e fugiu. "Só podia estar bêbado, menina!", diziam eles. Incrivelmente, não tiveram tempo de ver a matricula (Akward, I have to say!).


Conclusão: Fiquei com o carro estragado: pará-choques partido, jante toda arranhada! O gaijo nem vê-lo! Não sou pessoa de andar para aí a rogar pragas, mas espero que o cabrão se tenha esbardalhado todo na primeira rotunda que lhe apareceu! Enfim....

By Lum
Continue reading Situações de caca!