domingo, 6 de maio de 2018

Aldeia Histórica de Marialva

Hello,

Na nossa tour pelas Aldeias Históricas de Portugal, paramos em Marialva.
Marialva fica a 7km da cidade de Mêda, no distrito da Guarda, situando-se na margem esquerda da ribeira de Marialva. É constituída por 3 zonas: a cidadela ou Vila no interior do Castelo que agora se encontra despovoada, o Arrabalde que fica fora da zona amuralhada, e a Devesa situada a sul da cidadela, estendendo-se até à ribeira.

Aldeia Histórica de Marialva - Arrabalde

Os origens de Marialva remontam ao tempo da antiga cidade de Aravor, fundada pelos Túrdulos no século VI a.C. Com a chegada dos romanos, o nome foi alterado para Civitas Aravorum. Os árabes também ocuparam esta zona, a que deram o nome de Malva. Esta foi novamente reconquistada por D. Fernando Magno de Leão em 1063, chamando-lhe de Marialva, nome que permanece até aos dias de hoje.

Marialva - Entrada na Cidadela (Castelo)

A aldeia ficou despovoada após a reconquista e D. Afonso Henriques mandou-a repovoar e concedeu-lhe o primeiro floral em 1179.  O seu filho, D. Sancho I, voltou a reconquista-la em 1200, e é nesta altura que o povoado passou para fora das muralhas, formando-se o Arrabalde. Esta zona apresenta uma malha urbana predominantemente medieval, com igrejas, capelas e casas quinhentistas e senhoriais.

Castelo de Marialva - dentro das muralhas

Esta estrutura medieval, situa-se na linha de fronteira anterior ao Tratado de Alcanices (1297) e manteve-se praticamente intacta. O castelo fica no alto de um penhasco, com as muralhas em configuração oval a circundar a vila. É o monumento mais importante de Marialva.

Castelo principal, dentro das muralhas

D. Dinis, criou a Feira em 1286 e D. Manuel concedeu-lhe novo Foral em 1512, na qual procedeu a obras no castelo, tornando Marialva numa das mais imponentes e fortes praças de guerra do reino.

Castelo de Marialva - dentro das muralhas

Devido à sua localização fronteiriça e à feira, realizada a 15 de cada mês e que concedia diversos privilégios aos moradores e feirantes, iniciou-se, no século XII a fixação dos judeus, tendo o número aumentado durante o reinado de D. Manuel, formando-se uma judiaria. 

Cidadela - interior das muralhas

D. Afonso V deu o título de Conde de Marialva a D. Vasco Coutinho em 1440, que se tinha destacado nas campanhas militares no norte de África. Mais tarde, D. Afonso VI, em 1675, passou a marquezado, sendo o primeiro Marquês de Marialva D. António Luís de Menezes, terceiro Conde de Cantanhede, pelo seu importante papel na Revolução de 1640.

Castelo, Igreja e Capela na Cidadela - interior das muralhas

Em 1885 o concelho de Marialva foi suprimido e passou a integrar o de Vila Nova de Foz Côa. Em 1872, Marialva passou a pertencer ao concelho de Mêda, onde se mantém até aos dias de hoje.

Câmara Municipal e Pelourinho na Cidadela - interior das muralhas

Cidadela - Interior das muralhas

Como Chegar:
Do Porto - A1 até Albergaria, apanhar a A25 até Celorico da Beira. Seguidamente o IP2 até Marialva;

De Lisboa - A1 até à ligação com a A23. Entre na A23 e siga na direção da Guarda. Uma vez chegado à Guarda entre na A25 e siga até Celorico da Beira. Seguidamente, apanhe o IP2 até Marialva.

Vale muito a pena a visita, é uma aldeia realmente mágica!

By Lum