quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Castelo de Penela

Hoje venho dar-vos a conhecer o Castelo de Penela!

Quando fui descansar para o hotel em Penela (ver post aqui), aproveitei para visitar o castelo. Como amante de história, não podia perder a oportunidade de o voltar a visitar.


Esta zona sempre teve uma ocupação militar, remontando aos tempos da ocupação romana em Portugal. Posteriormente foi conquistado pelos árabes e mais tarde retomada, já no séc. XI pelo Conde D. Sesnando, primeiro governador de Coimbra, por ordem do Rei D. Afonso Henriques.


D. Sesnando mandou então erguer este castelo medieval, em que a muralha varia entre os 7 e os 19 metros de altura, e pertencia à linha defensiva do Mondego na época da Reconquista cristã, seguindo-se ao castelo de Montemor-o-Velho. 
Dentro das muralhas, existiam casas, ruas e igrejas. Nas zonas mais desprotegidas do castelo, foram  construídas torres para permitir a defesa do castelo. Eram 12 torres no total até ao século XVIII, pelo que na actualidade apenas se mantém algumas com formas.


O castelo fica no topo da vila de Penela (vale a pena visitar a vila, é muito bonita), praticamente só tem a muralha, onde se pode andar em volta, sempre com jardins. No interior das muralhas, tem também a Igreja de São Miguel de Penela, que é muito bonita.

Este castelo foi palco de várias lutas com os mouros, pelo que até ao reinado de D. Fernando, foi alvo de várias ampliações e reconstruções. No entanto, posteriormente, foi perdendo importância defensiva, e a sua manutenção foi praticamente abandonada, levando a população a utilizar as pedras noutras construções, ficando o castelo cada vez mais danificado. 


Vale a pena visitar, tanto o castelo como a vila. A entrada no castelo é gratuita!

By Lum