O violinista, de Paolo Maurensig

terça-feira, setembro 27, 2011 0 Comments A+ a-


Sinopse: Paolo Maurensig é considerado um dos grandes autores de literatura italiana contemporânea. Em Portugal já é possível comprová-lo com a obra «O Jogo de Morte» publicada recentemente pela Editorial Presença (Colecção Grandes Narrativas, nº 72). «O Violinista» é o seu segundo livro. Genial, como o primeiro. Um livro que desde logo encerra no seu título original («Canone Inverso» - figura que em musicologia significa uma composição musical tocada inversamente) o rumo que seguirá a narrativa. Uma narrativa que começa na Londres contemporânea com o leilão de um violino do século XVII, através do qual o autor nos dá a conhecer, retrospectivamente, a história da amizade de dois jovens músicos, cuja posterior escalada descendente anunciará o advento da Segunda Guerra Mundial. A não perder!


A minha opnião: Apesar de não ser o meu estilo de eleição, o livro supreendeu-me! Quando iniciei a leitura do livro, não entendia muito bem o que poderia sair dali, pois tudo rondava em torno de um violino. Com o andar da história, logo se começa a entender do que se trata, e começa a cativar imenso. Toda a história envolve musica, o que me agradou bastante. O final, ao primeiro soou-me confuso, tive que o reler para entender direitinho, pois sofre uma enorme passagem de anos quando finda o penúltimo capitulo e começa o ultimo. Gostei muito do livro, e recomendo a leitura, principalmente a quem adorar musica (em especial o violino). J

By Lum